Manual da Profissão – Educação Física

Tempo de leitura: 3 minutos

O curso de Educação Física forma profissionais que trabalham com a promoção da saúde humana. O estudante pode optar pelo curso de bacharelado ou licenciatura.

Continue a leitura e saiba mais sobre o curso de Educação Física!

 

O curso

O curso de Educação Física é ofertado nas modalidades bacharelado e licenciatura. A licenciatura forma professores da educação básica, da disciplina de Educação Física, e o bacharelado forma profissionais que atuam fora do ambiente escolar, como academias e clubes.

O curso tem a duração média de quatro anos e, entre as diversas disciplinas presentes na graduação, algumas delas são: Anatomia Humana, Bioquímica, Cinesiologia e Biomecânica, Fisiologia do Exercício, Fisiologia Humana e outras, além dos Estágios Supervisionados e do Trabalho de Conclusão de Curso.

O registro no Conselho Regional de Educação Física (CREF) é obrigatório para todos que atuam na profissão, no entanto, ele só pode ser feito por profissionais que já concluíram a graduação

 

Mercado de trabalho

Devido ao crescimento do número de academias e do interesse das pessoas na realização de atividades físicas, o profissional formado na área encontra bastante possibilidade de atuação em:

  • Academias;
  • Clubes esportivos;
  • Docência no ensino superior;
  • Escolas;
  • Empresas;
  • Hospitais/Clínicas;
  • Setor hoteleiro e de turismo.

 

Além dessas opções, o educador físico também pode atuar como personal trainer ou trabalhar na elaboração de atividades físicas para grupos de crianças, jovens, adultos ou idosos.

No setor corporativo, o profissional é contratado para auxiliar nos exercícios físicos dos funcionários da empresa. Alguns hospitais e clínicas contratam os educadores físicos para a reabilitação de pessoas que sofreram algum tipo de lesão. E, nos setores hoteleiros e de turismo, os profissionais são contratados para o planejamento e realização de atividades físicas com os hóspedes de hotéis, pousadas, etc.

Como vimos, as alternativas de emprego são muitas, mas é válido ressaltar que quanto maior a capacitação profissional, maiores são as chances de um bom emprego e salário.

 

Perfil profissional

O profissional graduado no curso de Educação Física precisa saber lidar com pessoas e, principalmente, gostar de ajudá-las na melhoria do seu bem-estar e saúde física.

O profissional também precisa ser responsável com seus horários de aula e trabalho, engajado no estabelecimento de atividades para seus alunos e na verificação da execução dessas atividades.

 

Salário

Vários fatores influenciam no momento de estipular um salário para qualquer categoria. E para os educadores físicos não é diferente. Esses profissionais podem trabalhar em escolas, academias, clubes esportivos e outros lugares.

O salário é definido de acordo com o local de trabalho, carga horária e até mesmo a região em que a pessoa trabalha. Os Conselhos Regionais de Educação Física e os Sindicatos de Trabalhadores também são responsáveis pela definição do piso salarial.

Consulte o Conselho Regional de Educação Física mais próximo de você e saiba mais sobre o salário de um educador físico na sua região!

 

E aí, ficou animado para ingressar no curso de Educação Física? Deixe a sua opinião nos comentários!